Gerente de Projetos

(project manager)

Cartilha Profissão Logística

Gerente de projetos (GP) é - por definição - um profissional a quem atribuímos a gestão de um ou mais projetos, tendo por responsabilidade viabilizar e vender uma ideia, obter aprovação e verba, bem como planejar e controlar sua execução, assegurando o sucesso do empreendimento.

Definimos projeto como um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, e destinadas a produzir um produto, serviço ou resultado únicos. Projeto podem ser desenvolvidos em empresas de quaisquer áreas de atuação, tais como arquitetura, construção civil, industrias, serviços e desenvolvimento de software, bem como quaisquer funções administrativas, tais como engenharia, administração, suprimentos e logística.

Com relação à autoridade, é relevante destacar que o título de GP é, assim como a natureza dos projetos, efêmero - isto é - existe temporariamente enquanto aquele projeto estiver em execução. Assim, a atribuição de GP não implica necessariamente em uma atribuição permanente no organograma, nem tão pouco implica na mesma autoridade na hierarquia de uma empresa, tal como a autoridade de um gerente de departamento em uma estrutura funcional tradicional. Conforme propõe a quinta edição do Manual PMBoK®, publicado pelo PMI® em 2013, as empresas podem adotar organogramas funcionais, projetizados ou matriciais, a seu critério. A autoridade do GP poderá, portanto, ser maior, igual ou menor daquela dos gerentes funcionais, dependendo de cada empresa.

A gestão de um ou mais projetos é uma atribuição complementar (acumulativa), e independe das demais atribuições e autoridades do profissional. A atividade de GP pode ser exercida em tempo integral (full time), ou mesmo em alocação parcial (part time). Pode, ainda, ser exercida por profissionais próprios da organização, bem como atribuída a um profissional terceirizado, que compõem a equipe daquele projeto.

Os conhecimentos técnicos requeridos de um GP dependem da abrangência e escopo das atividades realizadas. Por outro lado, conforme o referido Manual PMBoK®, as dez áreas de competências gerenciais requeridas estão devidamente especificadas nesta obra de referência especializada: Gestão de Escopo, Gestão de Tempo, Gestão de Custos, Gestão da Qualidade, Gestão Recursos Humanos, Gestão de Stakeholders, Gestão de Comunicação, Gestão de Suprimentos, Gestão de Riscos e Gestão da Integração.

O Project Management Institute (PMI®) mantem um reconhecido programa mundial de Certificação conhecido como PMP® (Project Management Profissional®). Algumas variações de GP são empregadas, tais como: Líder de projetos (orientado à gestão de pessoas), Coordenador de projetos (subordinado ao GP), Gerente de portfólio e de Programas. Para mais informações: https://brasil.pmi.org/brazil/AboutUs/WhatIsProjectManagement.aspx

Apresentação:

Agente que promove, planeja e controla mudanças, deixando um legado.

Cargo:
Departamento:
Diversos. O exercício da função de Gestor de projetos pode ser atribuído e realizado por quaisquer profissionais, de qualquer nível hierárquico e qualquer função administrativa, e que a empresa julgue devidamente preparado para esta função.
No exercício da gestão do projeto, responde diretamente ao patrocinador do projeto. Responde também ao Escritório de Projetos (PMO, ou Project Management Office), prestando contas sobre o progresso, governança e documentação do projeto.
Propósito:
Responsável pelo sucesso do projeto, isto é, entregar os resultados apresentados na Proposta executiva do projeto (project charter) devidamente aprovada pelo patrocinador, no prazo, orçamento, qualidade e escopo combinados.
Funções e atividades:

Planejamento: Executa diversas atividades, desde a iniciação até o encerramento do projeto (especificação dos objetivos, premissas e estratégias), seleção da equipe, analise de viabilidade e submissão do projeto para aprovação do patrocinador. Após aprovada a Proposta executiva, desenvolve o cronograma e orçamento, providencia os recursos e capacitações, negocia prazos e serviços com fornecedores e equipe, contratos, analisa os riscos e respectivas respostas (plano de contingencias), diferenças e atrasos (desvios e medidas corretivas), bem como lições aprendidas e encerramento do projeto.

Desenvolve o Plano da qualidade, e promove a utilização de todas as ferramentas necessárias e suficientes para analise de problemas, assegurando que os resultados esperados sejam entregues em conformidade com o esperado.

Controle: Conduz e/ou acompanha reuniões, comunica a situação do projeto, divulga indicadores de desempenho e monitora o progresso das atividades através de softwares PMIS (Project Management Information Systems), tais como o MS-Project, Primavera, Artia ou similares.

Formação: Formação em nível técnico ou superior nas áreas técnicas envolvidas com o projeto.

São desejáveis conhecimentos básicos em tecnologia da informação, na utilização de softwares como MS-Project e de apresentação (MS-Powerpoint ou Keynote), ERP, Workflow e BI, entre outros.

Conhecimentos em aspectos financeiros e contábeis também são desejáveis, bem como marketing, vendas, direito comercial e contratos, gestão da qualidade, logística e suprimentos (aquisições/compras), segurança e saúde.

Em termos de postura, espera-se que o profissional seja um líder orientado para pessoas, motivador, que demonstre iniciativa, pioneirismo, empreendedorismo, e que cumpra com seus compromissos, de forma perseverante, ética e ponderada.

Experiência aplicada: Dois anos ou mais em funções similares, demonstrando conhecimento nas áreas de competência e nos processos administrativos da empresa, bem como das estratégias e produtos/serviços da empresa.

É preciso que seja um bom comunicador, um bom líder (visionário e estrategista), com boa capacidade de negociação e empatia, saiba gerenciar conflitos, resolver problemas, criativo, organizado, sistemático, atento e responsável com relação aos prazos e prioridades, demonstrando iniciativa, articulação política e Habilidades empresariais, isto é, voltados para resultados efetivos.

Requisitos especiais:
Aqui entra a apresentação do cargo
Subordinação:
Perfil:
  1. Certificação PMP (desejável).

  2. Conhecimento dos softwares homologados pelo PMO.

  3. Disponibilidade para eventuais viagens.

  4. Domínio de segunda ou terceira línguas pode ser requerido.

Nota: Este é um modelo de referência para a descrição deste cargo: Consulte a Introdução. 
Para capacitar sua equipe consulte nossa SINOPSE DE TREINAMENTOS In-Company.
Cursos recomendados:
ESPECIALISTAS EM OTIMIZAÇÃO
© 2020 www.DanielGasnier.com
São Paulo - Atendemos em todo Brasil.