Programador da Produção

Cartilha Profissão Logística
A habilidade de compreender em minuciosos detalhes todos os processos fabris da empresa, de seus produtos e as relações estequiométricas entre seus componentes e matérias-primas, recursos e restrições produtivas para equacionar (modelar) e fazer equilibrar Oferta com a Demanda é um talento raro e valoroso. Este profissional Sênior deve combinar lógica, métodos de priorização (tomada de decisão em situações críticas), matemática aplicada e instrumentos da tecnologia da Informação com uma extraordinária capacidade de processar muitas informações com rapidez, comunicando-se com os departamentos de vendas, produção e suprimentos. Enfim, um perfil profissional fora do comum que decide a Excelência Operacional da empresa.
Apresentação:

Profissionais capazes de acompanhar, antecipar e sincronizar todos os processos industriais.

Cargo:
Departamento:
Planejamento, Programação e Controle da Produção (PCP).
Responde ao Diretor de Supply Chain ou Diretor Industrial, na falta deste.
Propósito:
Responsável pela elaboração do Planejamento (longo prazo, S&OP) e da programação (curto prazo) das atividades da produção exequível, e com a maior acurácia possível, com ênfase no atendimento às necessidades de vendas (demanda dos clientes) e na produtividade dos recursos produtivos.
Funções e atividades:

Gestão de pessoas: Supervisiona diariamente os colaboradores de sua área (PCP). Não exerce autoridade de comando direta sobre a produção, pois esta atribuição compete ao gerente e supervisores da produção, no entanto se relaciona com inúmeros colaboradores em diversos departamentos da empresa, além daqueles da produção.

Desempenho das operações: Programa as ordens de fabricação (lotes) de maneira a atender os pedidos dos clientes (maximizar o atendimento). Opera softwares de planejamento (MRP/APS/MES/SIO/WMS/LES/TMS). Considera os estoques de produtos acabados, componentes e matérias-primas nos cálculos das necessidades líquidas (deve conhecer MRPII, Kanban e Cronogramas). Executa o controle da produção, buscando identificar e sanear as causas dos desvios entre programado e realizado, e o melhor aproveitamento dos recursos. Identifica e implementa melhorias nos instrumentos de planejamento e controle (softwares e planilhas). Interage frequentemente com vendas, Produção, PCM (planejamento de materiais) e Suprimentos buscando soluções que melhorem o atendimento aos clientes. Promove boa comunicação interpessoal e interdepartamental com extrema precisão e assertividade. Deve assegurar que a produção receba todas as informações requeridas e acuradas para executar os processos de produção. 

 

Controle: Visualiza o todo, e circula frequentemente em todas as áreas da produção e vendas, se atualizando e priorizando as atividades da produção (deve se antecipar e não “correr atras” da produção). Responde à consultas sobre disponibilidades e produtividade dos equipamentos, atualizando programações e avaliando os indicadores de desempenho. Em conjunto com os gestores da produção, assegura que os programas de produção (ordens de fabricação) sejam executados em conformidade com as proporções estequiométricas e padrões de tempo (cronoanalise). Também é corresponsável pela atualização das Estruturas dos Produtos (BOM) e tempos estejam coerentes com o que é praticado na produção (juntamente com a Engenharia de processos), pois estas informações são utilizadas na atualização dos custos de fabricação.

Formação: Superior Completo (pós-graduação ou cursos de especialização são diferenciais relevantes). Usualmente engenharia de produção, engenharias e/ou administração de empresas (formação em economia, matemática ou computação tb pode atender), sendo desejável ter concluído (ou em andamento) cursos de logística e/ou tecnologia da informação. Experiência prática na produção é desejável, mas não imprescindível. Deve se manter atualizado através de cursos, eventos especializados, leitura, grupos de interesse especifico e educação continuada em assuntos correlatos à manufatura, logística, liderança, administração do tempo, produtividade e línguas estrangeiras (se requerido).

Experiência aplicada: Por se tratar de uma importante posição tática, o programador de produção Sênior deve ter pelo menos três ou mais anos em posições similares/subordinadas. Para o exercício de suas atribuições, é preciso que conheça as variedades de produtos, os recursos e restrições produtivos, principais fornecedores, e que compreenda as necessidades dos clientes, demonstrando iniciativa, raciocínio lógico, organizado, sistematizador, capacidade de tomada de decisão, participador e negociação em situações críticas. Experiência em planejamento e controle de produção e de materiais são requeridos. Habilidade de se comunicar efetivamente com seus colaboradores, clientes e fornecedores.

Requisitos especiais:
Aqui entra a apresentação do cargo
Subordinação:
Perfil:
  1. Capacidade analítica, matemática, lógica e computacional são fundamentais.

  2. Experiência administrativa em empresas similares (mesma estratégia de produção e tecnologias de manufatura).

  3. Conhecimento nas modernas tecnologias de informação aplicadas à logística.

  4. Disponibilidade para plantões em horários extraordinários.

  5. Domínio de segunda língua é um diferencial (pode ser requerida em alguns casos, quando a empresa possui linhas de produção integradas às suas).

  6. Potencial para assumir postos de gerência e direção.

Nota: Este é um modelo de referência para a descrição deste cargo: Consulte a Introdução. 
Para capacitar sua equipe consulte nossa SINOPSE DE TREINAMENTOS In-Company.
ESPECIALISTAS EM OTIMIZAÇÃO
© 2019 www.DanielGasnier.com
São Paulo - Atendemos em todo Brasil.